Paulo Ricardo sobre o RPM "a gente pode conversar, estou aberto"

Estou aberto para conversar’, diz Paulo Ricardo sobre disputa judicial com o RPM

Paulo Ricardo esteve no programa ‘Morning Show’, da rádio Jovem Pan, na manhã da terça-feira (18). Ele, que está em carreira solo, comentou sobre o RPM. 

A banda está no meio de uma disputa judicial com a formação original, com ele, Luiz Schiavon, Fernando Deluqui e o PA.Eles assinaram um contrato quando o grupo retornou aos palcos, em 2011, e os direitos das canções são alvo da disputa.
 
 

Isso porque, agora, o membro original deixou de se apresentar com a banda e se viu em meio a imbróglio jurídico. Os direitos das canções do RPM hoje são alvo de disputa judicial. 
O músico explicou que, em 2011, o retorno do grupo aconteceu com um contrato assinado pela formação original: ele, Luiz Schiavon, PA e Fernando Deluqui.

O cantor, no entanto, ainda mostra que tem a intenção de negociar com os ex-companheiros. “Se eles querem mudar esse acordo, eu posso conversar, eu estou aberto”, disse.
 
Tem dois aspectos nessa situação. Tem o aspecto legal, que você tem que ver os contratos e as regras do jogo. As regras do jogo, pra quem não sabe, são em relação a tocar músicas. Qualquer pessoa pode tocar qualquer música, pode entrar no barzinho e tocar Beethoven, Luiz Gonzaga, Beatles e ‘Loira Gelada’. Qualquer pessoa, contanto que o estabelecimento pague o ECAD. Não tem problema nenhum”, explicou o cantor.



Eu acho que, do aspecto romântico, a banda perde quando você perde a formação original. Quando voltamos em 2011, assinamos um acordo entre nós dizendo que RPM é Dedé, Didi, Mussum e Zacarias. Se não fosse assim, não poderia se chamar RPM. Se eles querem mudar esse acordo, a gente pode conversar, estou aberto”, afirmou o vocalista.
Paulo Ricardo sobre o RPM "a gente pode conversar, estou aberto" Paulo Ricardo sobre o RPM "a gente pode conversar, estou aberto" Reviewed by RPM banda on 1:33 PM Rating: 5

4 comentários

  1. Os dois lados tem o mesmo direito de seguir as carreiras
    Rpm seguir firme e forte nas novas músicas e gravar novos discos
    Paulo Ricardo também seguir firme e forte a carreira
    Ambos continuarem a amizade seguirem em paz
    Sou fã do Rpm da nova formação das novas músicas e dos clássicos
    Sou fã do Paulo Ricardo e também das suas novas músicas e também dos clássicos seria legal um dia o Paulo Ricardo tocar em seus shows as novas músicas do Rpm e também mesmo não sendo mais da banda colaborar com a banda da mesma forma que o Maltz voltou a compor em parceria com engenheiros do havai já em outra formação assim como Arnaldo Antunes fez parcerias com os titãs mesmo ex integrante acima de tudo vem a amizade e eles tem que manter essa amizade da mesma forma como se conhecerão e quando estavao trabalhando juntos desejo muito sucesso ao Rpm em sua nova formação e ao Paulo também em sua carreira solo o mais importante é que o público está feliz com esse novo retorno e nova fase do rpm e o publíco também está feliz com o Paulo Ricardo levando música para as gerações e o mais feliz é que as músicas do Rpm são uma obra que tem dupla sequência tanto pelo rpm como o Paulo e diálogo é sempre bem vindo Paulo e Rpm torço muito pelos dois lados rpm e paulo eu como fã torço para que haja entre os dois lados um diálogo maduro e feliz

    ResponderExcluir
  2. Paulo Ricardo está parecendo aquele jogador de futebol que posa de vítima e tenta jogar o público contra o árbitro. Pelo visto Emerson Sheik deve ter ensinado algo pra ele em algum encontro casual no Paris 6.

    ResponderExcluir
  3. RPM sem PR nao e RPM y PR sem RPM nao e ninguem...

    ResponderExcluir
  4. Esse Paulo Ricardo e quem briga com os outros e um volta e deixa

    ResponderExcluir

Post AD