'A emoção vale mais que a técnica'


São 30 anos de carreira, um nome consagrado no rock e um olhar 43. Inteiro a dispor da legião de fãs que conquistou por todo esse tempo, Paulo Ricardo está prestes a dar um novo passo em seu badalado currículo artístico: ser jurado do SuperStar. E para a nova missão, bagagem é o que não falta. 

"O que a minha experiência me ensinou está nas entrelinhas, nas coisas que são de difícil percepção imediata. É saber valorizar o que talvez esteja mais oculto", avalia o cantor e vocalista da banda RPM.


 'A emoção vale mais que a técnica'

Paulo Ricardo contempla a proposta do reality com o que acredita que pode fazer do artista uma verdadeira estrela. "Independentemente da técnica e de outras coisas mais evidentes, existe uma série de coisas que fazem da pessoa um 'animal' de palco.

A pessoa pode não cantar tão bem, mas você tem que valorizar aquela poesia. Essa foi uma das coisas que mais me deixou feliz com a proposta do programa, que dá espaço para composições inéditas. 

Tem que estar atento ao conjunto da obra", aconselha o músico, que, antes de fazer história no RPM, foi jornalista de música por quatro anos. "Essa minha experiência como crítico também vai ser útil", acredita.

Paulo Ricardo relembra sucesso da RPM e se diverte com look anos 80

Paulo Ricardo adianta que quer ver seu lado fã entrar em cena no programa. Atenção, bandas! O "sim" do cantor também vai depender muito da empolgação. "A capacidade de cada um de empolgar a gente vai despertar o nosso lado fã, no desejo de ajudar a lapidar aquilo. Acredito que o que eu vá dizer virá muito da minha sensibilidade como público e amante da música", observa o cantor.

O SuperStar traz esse ano uma bancada inédita, com Sandy, Paulo Ricardo e Thiaguinho. "É um time eclético", define o vocalista do RPM. Ao falar da cantora, ele exalta sua carreira peculiar: "Sandy tem uma experiência que pouca gente tem, que é esse vivência de ter sido uma estrela mirim, desde os seis anos. Filha do Xororó, ela cresceu no sertanejo e hoje tem um leque amplo, rico de experiência".

Com Thiaguinho, foram poucos os encontros pela estrada. Mas Paulo Ricardo conhece bem a história do cantor, que tem um ponto em comum com a sua. "Eu me lembro do Fama (reality de que Thiaguinho participou, em 2002). Eu estive na casa, fui cantar. Ele é veterano, é ex-Exalta, tem vivência", destaca.

Fonte: http://gshow.globo.com/programas/superstar/So-na-web/noticia/2015/03/jurado-do-superstar-paulo-ricardo-adianta-a-estrategia-valorizar-o-oculto.html
'A emoção vale mais que a técnica' 'A emoção vale mais que a técnica' Reviewed by RPM banda on 2:03 AM Rating: 5

Nenhum comentário

Post AD