Dioy Pallone o novo vocalista da RPM: 'Eu não tô lá para substituir ninguém'

Dioy Pallone assume o baixo da banda e vai dividir os vocais com o guitarrista Fernando Deluqui.


A banda RPM volta para a estrada após mais de um ano parada, agora, com um músico de São Carlos (SP) na composição. O baixista Dioy Pallone, fundador da banda Carrão de Gás, vai dividir os vocais com o guitarrista Fernando Deluqui, ao lado do baterista Paulo Pagni (P.A.) e do tecladista Luiz Schiavon.

Dioy já fez dois shows com o RPM. Em entrevista ao G1, ele disse que quer ajudar a banda sucesso nos anos 80 a tomar um novo rumo.

“O que eles buscam nessa mudança é mais estabilidade. Eles querem criar mais, querem que a banda vá para a estrada, que faça discos, que não haja holofotes sobre um ou outro, mas que a banda é o mais importante com todos se dedicando 100%”, afirmou.

Dioy Pallone o novo vocalista da RPM: 'Eu não tô lá para substituir ninguém'

Aos 39 anos, Dioy ainda era uma criança quando a banda estourou e como as pessoas de todas as idades nos meados dos anos 1980 foi contagiado pela energia na banda. O disco Revoluções Por Minuto, sucesso absoluto na época, foi o seu presente de Natal de 1986.

Fã de rock desde os sete anos, Dioy tem uma relação antiga com a música. Montou a banda Carrão de Gás, com a qual gravou um disco, dois DVDs e fez show por vários lugares do Brasil, abrindo para bandas como Capital Inicial, Paralamas do Sucesso, Frejat e Charlie Brow Jr.

O convite para entrar no RPM partiu do guitarrista Fernando Deluqui, do qual Dioy é amigo desde 2005 - chegaram a tocar juntos duas vezes, uma delas em São Carlos, no início deste ano.

A banda agora está na fase de montar um material novo. Novas canções, algumas de Fernando, outras de Luiz Schiavon e outras do próprio Dioy devem ser lançadas no segundo semestre deste ano.

O músico são-carlense foge do título de substituto de Paulo Ricardo e disse que quer ajudar a fortalecer a banda.

“Eu não tô lá para substituir ninguém. Estou lá para fazer parte de um time muito importante, que é muito maior que qualquer um, e há muito respeito. Eu respeito demais a história tanto dos integrantes quanto da banda. É um desafio muito grande, mas eu vou fazer o meu melhor para que a gente possa criar uma nova atmosfera e que possamos angariar novos fãs respeitando muito o passado, o legado dessa banda gigante”, afirmou Dioy.

Ele contou que a recepção dos fãs tem sido muito boa. “Estou surpreso com a forma que as pessoas estão recebendo essa notícia, ela é muito mais positiva do que negativa, apesar de a gente saber que é uma ruptura muito grande, há uma positividade muito grande dos fãs.”


Dioy Pallone o novo vocalista da RPM: 'Eu não tô lá para substituir ninguém' Dioy Pallone o novo vocalista da RPM: 'Eu não tô lá para substituir ninguém' Reviewed by RPM banda on 11:33 PM Rating: 5

Post AD