RPM encerra o Festival de Inverno na Bahia

RPM revive seus maiores sucessos na última noite do FIB 2015



Quando ser rock n'roll no Brasil dos anos 80 era estar na crista da onda, uma das bandas mais requisitadas, ouvidas e tocadas era, sem dúvida, o RPM. Na segunda metade daquela década, o grupo conseguiu bater todos os recordes de vendagens da indústria fonográfica brasileira.





Um dos maiores nomes do pop rock brasileiro, RPM emociona fãs com suas canções.

Ainda hoje, Paulo Ricardo, Luiz Schiavon, Fernando Deluqui e Paulo Antonio são estrelas de uma seleta constelação de artistas, estrelas que brilharam no primeiro show deste domingo (30) no Festival de Inverno Bahia.

A apresentação, que mescla a música eletrônica e pop-rock, um dos traços característicos da banda, começou ao som de "Dois Olhos Verdes", trabalho de 2011. Logo em seguida, o grupo abriu o baú de sucessos com "Loura Gelada", intercalando novas composições a outros hits obrigatórios: "Revoluções Por Minuto", "London, London", "A Cruz e a Espada", "Olhar 43" e "Alvorada Voraz". Os conhecidos primeiros acordes de "Rádio Pirata" levaram o público do Festival ao delírio.

Pouco antes de entrar no palco, o líder do RPM, Paulo Ricardo falou sobre sua estreia no FIB: "este é um festival de superlativos. Poder dividir a noite com o Jota Quest e a dupla Fernando e Sorocaba mostra o quanto nós brasileiA banda fez um panorama pela sua produção, executando desde "Vida Real", tema do programa Big Brother Brasil, até "Juvenília", sucesso de 1985, passando por músicas instrumentais do album "Rádio Pirata ao vivo".

Mostrou também canções do CD duplo Elektra, além de “Primavera Tropical”, feita durante as manifestações do ano passado, na melhor tradição de letras engajadas do RPM. “Elektra”, lançado no final de 2011, é o primeiro álbum de estúdio em 23 anos. Para a as amigas, Milena, Carol e Patrícia, a melhor música de todo o show do RPM foi "Olhar 43".ros somos múltiplos", disse.



Festival de Inverno Bahia - RPM homenageia... por radiopirata1986
RPM encerra o Festival de Inverno na Bahia RPM encerra o Festival de Inverno na Bahia Reviewed by RPM banda on 11:37 AM Rating: 5

2 comentários

  1. Essa turne elektra infinit ja dura mais de quatro anos, desde 2011,a banda se pendura em um album muito fraco,a banda anunciou seu novo album intitulado de deus ex machina,mas a banda adiou o disco. Sinceramente o rpm morreu em 1988,com seu melhor trabalho sem duvida,o album rpm de 1988 4 coiotes,depois dai foi uma verdadeira merda com big big brasilis,barbarela,fiorela, donabela,beijadela, magravela e crepuscorela donabela grabiela, chicarela,merdatela,a banda perdeu completamente a sua verdadeira revolucion musical,o rpm virou boate dance pop pop

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente o que une atualmente o RPM é só a questão financeira. Como já disse o Fernando Deluqui, o RPM para eles é o carro na garagem, é a garantia de sobrevivência. Não trabalham mais por amor e sim por dinheiro. O que é muito triste para nós fãs apaixonados pela banda.

    ResponderExcluir

Post AD